Classificação de gravidade da interrupção do Uptime Institute


A Classificação de gravidade da interrupção (Outage Severity Rating, OSR) foi desenvolvida pelo Uptime Institute para ajudar o setor de infraestrutura a distinguir melhor entre uma interrupção de serviço que ameaça impactar os negócios e uma interrupção inconveniente que tem pouco ou nenhum impacto nos negócios.

Nos últimos três anos, o o grupo de Inteligência do Uptime Institute tem estudado interrupções publicamente divulgadas para entender o que está causando o tempo de inatividade não planejado e os efeitos dessas interrupções. Durante o período, o número de interrupções aumentou constantemente, com 27 interrupções em 2016; 57 interrupções em 2017, e 78 interrupções em 2018.

A OSR do Uptime Institute ajudará a comunidade de infraestrutura digital e datacenter a entender e articular melhor as interrupções de serviço no contexto de como cada incidente afeta os negócios.

Com a OSR, os profissionais de infraestrutura podem finalmente compartilhar um léxico comum ao formar suas próprias estratégias de capacidade de entrega de serviços, podendo visualizar suas próprias interrupções em termos de impactos nos negócios, em vez de referenciar interrupções com base no número de componentes da infraestrutura física envolvidos.

Perguntas sobre a classificação de gravidade da interrupção?

Preencha o formulário de contato abaixo para que a equipe do Uptime Institute entre em contato com você imediatamente.

Uma métrica para classificar a gravidade e o impacto de interrupções

Embora existam várias maneiras de categorizar a "missão crítica" de vários sistemas como uma ferramenta de planejamento para recuperação de desastres e investimentos em disponibilidade/redundância, não existe uma "Escala Richter" para medir a gravidade/impacto das interrupções.

Essa classificação é obviamente útil. Por exemplo, o efeito de perder acesso a um sistema de recursos humanos por duas semanas pode ser frustrante, mas insignificante, mesmo em grandes organizações, enquanto uma perda de 5 minutos de um sistema de troca de moeda pode ser quase catastrófica.

Para classificar o impacto de interrupções públicas, o Uptime Institute criou um Nível de gravidade de interrupção em cinco níveis, conforme descrito abaixo.

As infraestruturas híbridas fornecem serviços em um nível de capacidade projetada, com base em todos os componentes disponíveis. Historicamente, uma "interrupção" era considerada um estado binário de entrega de serviços, mas como o setor de TI continua a alavancar projetos de infraestrutura híbrida, a definição e o escopo de "interrupções" também precisam mudar. Esse método de classificação fornece jargão para quantificar interrupções e seu impacto nos negócios.
Andy Lawrence
“A conscientização pública sobre interrupções está se tornando mais pronunciada à medida que o número aumenta ano após ano. Na maioria dos casos, achamos difícil entender a verdadeira natureza e magnitude da interrupção, pois a maioria dos profissionais ainda caracteriza a gravidade de uma interrupção com base na quantidade de equipamentos de infraestrutura física afetados.”
Andy Lawrence, diretor executivo de pesquisa, Uptime Institute

Powered By OneLink