Certificação Tier

Sistema Tier Classification

Classificações de datacenters

O Uptime Institute criou os níveis de classificação Tier de datacenters há 25 anos e hoje continuam sendo o padrão internacional para o desempenho do datacenter. Nossas definições de Tier de datacenters explicam a infraestrutura necessária para operações de datacenter. Há diferentes Tiers de acordo com a disponibilidade do sistema necessária. Essas classificações são métodos objetivos e confiáveis para comparar o desempenho de uma infraestrutura de um local em comparação a outro e alinhar os investimentos de infraestrutura às metas de negócios.

Como o Uptime Institute é o fundador e a fonte confiável da Certificação Tier de datacenters, você pode confiar em nossas classificações de Certificação Tier para medir sua capacidade e atender aos seus requisitos de desempenho. Somos a única empresa licenciada que pode fornecer essas certificações, o que nos torna a única fonte para esta classificação valiosa.

Certificação Tier de datacenter

Nossas classificações de datacenter são divididas em quatro Tiers que correspondem a uma função de negócios específica e definem critérios para capacidades de manutenção, energia, resfriamento e falha. Os Tiers são progressivos; cada Tier incorpora as exigências dos Tiers mais baixos. Essa progressão não significa que um datacenter de Tier IV é melhor do que um Tier II — significa que esses níveis se ajustam às diferentes operações de negócios. As definições e os benefícios dos Tiers são definidos em nosso padrão de topologia e focam na infraestrutura do datacenter.

A Operational sustainability é o segundo componente essencial da nossa Tier classification de dados. Refere-se aos comportamentos e riscos além do projeto de infraestrutura que determinam a capacidade do datacenter de atender às metas de negócios de longo prazo. Os proprietários de datacenters podem alinhar seu estilo de gerenciamento a um Tier para atingir essas metas, já que o comportamento de gerenciamento é essencial para a operational sustainability.

Juntos, a topologia e a operational sustainability estabelecem os critérios de desempenho para os datacenters seguirem. Os proprietários de datacenters também podem considerar outros fatores, como códigos de construção, clima regional, segurança e uso de propriedade. Nossos operational sustainability standards e topologia não cobrem esses fatores porque variam em todos os casos. Cabe ao proprietário determinar qual Tier é melhor para suas necessidades de negócios.

O que uma Tier Classification significa para um datacenter e sua infraestrutura

As definições de Tier de datacenters definem critérios, mas não opções de tecnologia específicas ou opções de design para satisfazer o Tier. Os Tiers são flexíveis o suficiente para permitir muitas soluções que atendam às metas de desempenho e às regulamentações de conformidade. Muitas soluções levam à inovação de engenharia e exclusividade em datacenters. Cada datacenter pode decidir a melhor maneira de atender aos critérios de Tier e às metas de negócios.

Os proprietários de datacenters podem querer alcançar um nível específico de Tier para atender às suas demandas de negócios. O Uptime Institute pode avaliar e certificar seu projeto e instalação usando os padrões de nossos requisitos de Tier classification para fornecer uma Certificação Tier. Esta certificação significa que a infraestrutura não tem áreas fracas e o datacenter tem responsabilidade mundial pela excelência.

Nosso processo de Certificação Tier é uma avaliação imparcial que garante que todas as partes envolvidas atendam aos requisitos e expectativas. Examinaremos a infraestrutura do seu datacenter para que nossa avaliação considere suas necessidades individuais.

Níveis de Tier de datacenters

Os níveis de Tier de datacenters são:

Tier I

Um datacenter Tier I é o nível de capacidade básico com infraestrutura para apoiar a tecnologia da informação para um ambiente de escritório e além. Os requisitos para uma instalação Tier I incluem:

  • Uma fonte de alimentação ininterrupta (UPS) para quedas de energia, interrupções e picos.
  • Uma área para sistemas de TI.
  • Equipamentos de resfriamento dedicados que funcionam fora do horário comercial.
  • Um grupo gerador para interrupções de energia.

O Tier I protege contra interrupções por erro humano, mas não de falhas ou interrupções inesperadas. Equipamentos redundantes incluem resfriadores, bombas, módulos UPS e grupos geradores. A instalação terá que ser desligada completamente para manutenção preventiva e reparos, e não fazê-lo aumenta o risco de interrupções não planejadas e graves consequências da falha do sistema.

Tier II

As instalações Tier II abrangem componentes de capacidade redundante para energia e refrigeração que proporcionam melhores oportunidades de manutenção e segurança contra interrupções. Esses componentes incluem:

  • Grupos geradores.
  • Armazenamento de energia.
  • Resfriadores.
  • Unidades de refrigeração.
  • Módulos UPS.
  • Bombas.
  • Equipamento de rejeição de calor.
  • Tanques de combustível.
  • Células de combustível.

O caminho de distribuição do Tier II serve um ambiente crítico e os componentes podem ser removidos sem desligá-lo. Como uma instalação Tier I, o desligamento inesperado de um datacenter Tier II afetará o sistema.

Tier III

Um datacenter Tier III é concurrently maintainable com componentes redundantes como um diferenciador de chaves, com caminhos de distribuição redundantes para atender ao ambiente crítico. Diferentemente dos Tier I e Tier II, essas instalações não exigem desligamentos quando o equipamento precisar de manutenção ou substituição. Os componentes do Tier III são adicionados aos componentes Tier II de modo que qualquer peça possa ser desligada sem afetar a operação de TI.

Tier IV

Um datacenter Tier IV tem vários sistemas independentes e fisicamente isolados que agem como componentes de capacidade redundante e caminhos de distribuição. A separação é necessária para evitar que um evento comprometa ambos os sistemas. O ambiente não será afetado por uma interrupção de eventos planejados e não planejados. No entanto, se os componentes redundantes ou caminhos de distribuição forem desligados para manutenção, o ambiente pode apresentar um risco maior de interrupção se ocorrer uma falha.

As instalações Tier IV adicionam fault tolerance à topologia de Tier III. Quando uma peça de equipamento falhar ou houver uma interrupção no caminho de distribuição, as operações de TI não serão afetadas. Todo o equipamento de TI deve ter um projeto de energia fault tolerant para ser compatível. Os datacenters Tier IV também exigem resfriamento contínuo para tornar o ambiente estável.

Entre em contato com o Uptime Institute para saber mais sobre nossos níveis de Tier de datacenters

As classificações de datacenters criadas pelo Uptime Institute são reconhecidas no setor como os padrões a seguir para o desempenho do datacenter. Investir em Certificação Tier coloca sua infraestrutura de datacenters em análise e prova a conformidade, tranquilizando seus clientes de que sua instalação atenderá às expectativas deles. Centenas de empresas passaram por nosso programa de Certificação Tier, reconhecendo que nossas classificações são significativas para o gerenciamento de instalações de datacenters.

Entre em contato com nossa equipe hoje mesmo para saber mais sobre nossa Tier classification de datacenters e como ela pode melhorar o desempenho do seu negócio.


Formulário fale conosco UI Marketo (com Oktopost) para atribuições do menu

Entre em contato

Tem dúvidas ou precisa de ajuda? Preencha o formulário para que possamos entrar em contato com você imediatamente.
Powered by Translations.com GlobalLink OneLink SoftwarePowered By OneLink